O que te atinge? O que te incomoda? O que te faz ficar pensativa?

Estamos vivendo em um mundo muito frenético, onde as pessoas não tem tempo para nada,
só para fazer as suas coisas, trabalhar, cuidar da sua casa, do seu marido, dos seus filhos, de você, para sair com seus amigos.

A sociedade dita a regra do consumismo, onde devemos ter e ter sempre mais, o melhor, melhor do que o do outro.
Devemos ser melhor em tudo, não há espaço para perdedores. No meio desse caos todo, o que nos atinge, nos faz parar para pensar e refletir?

Uma reportagem na televisão onde mostra uma criança sendo mal tratada, um idoso sendo espacando, uma mãe de família sendo morta, namorado que mata namorada por causa de dinheiro ou ciumes, pai que mata filho? O que nos atinge?


Essa semana descobri que o que me atinge está mais próximo do que eu poderia imaginar. Amizades superficiais me atinge seriamente.
Amigos que só são seus amigos por interesse, por conveniência, onde querem sempre serem melhor que você, gabarem por terem ou fazerem algo. Não tem a humildade de saber compartilhar as conquistas, os passeios, a vida. Querem apenas mostrar que fizeram e se consideram melhores por isso.

No meu humilde ponto de vista, deveriamos parar mais com nosso egoísmo, passar a investir mais em relacionamentos duradouros e sinceros, e acima de tudo saudáveis.
Devemos nos preocupar mais com o que fazemos que atinge negativamente outras pessoas. Devemos parar para observar a nossa volta, enxegar em que podemos fazer a diferença.

Fazer a diferença, essa é a chave do porque existimos.


Devemos nos preocupar não apenas em existir, mas no que fazemos para influenciar positivamente a vida de outras pessoas.


Pensem nisso e verão que poderemos ser bem melhor do que somos hoje.


beijos

3 comentários:

Vanessa Santos disse...

Linda mensagem amiga, falou tudo, e amizade superficial me atinge demais também!!!

Beijokas

::Maura:: disse...

Oi Lellys...concordo contigo. O que está mais perto é o que nos atinge... talvez por que temos essa tendência de abrirmos nossos corações!! Ótima mensagem!
Bjos

Flávia Shiroma disse...

Nossa, são tantas coisas que me deixam pensativas......

Mas, a mais cruel é quando não sou totalmente compreendida e fica aquele mal entendido no ar.

Não suporto deixar um assunto sério pela metade, ainda mais quando estou me explicando.

Belo post. Bem reflexivo.

Um bj querida.
;)